Portal de Inteligência

Gostou desse conteúdo?

[activecampaign form=2 css=0]

Ferramentas de marketing: saiba qual a sua importância e como usá-las

Por Bruna Aosani

O marketing digital está bastante presente nos debates corporativos recentes, especialmente quando o tema central é estratégia de crescimento. Segundo a Pesquisa Maturidade do Marketing Digital e Vendas no Brasil, iniciativa que reuniu atores da área como Resultados Digitais, Mundo do Marketing, Rock Content e Vendas B2B, 94% das empresas entrevistadas escolhem o marketing digital como meio para ganhar espaço no mercado, enquanto somente 5,5% delas optam por divulgar as suas marcas através de ações de publicidade tradicional e eventos. 

Se a disseminação das estratégias de marketing digital parece consolidada, o estudo mostra a necessidade de avançar no uso das mais diferentes ferramentas para atingir melhores resultados, já que 67% das organizações consideram que suas estratégias de marketing digital são eficientes, mas 62% delas reconhecem que há pontos a serem aprimorados. Além disso, 32,5% dos negócios acreditam que suas estratégias online não são nada eficientes.

Os resultados do levantamento vêm ao encontro do que observa Liliane Ferrari, consultora de marketing com quem conversamos para este post. “De um modo geral, vemos uma falta de conhecimento dessas tecnologias e de como usá-las de uma melhor forma. Isso impacta os negócios, porque elas nos permitem ter uma gama de dados que ajudam a tomar decisões mais assertivas. Esse desconhecimento faz com que trabalhemos da mesma forma como fazíamos no passado, sem métricas e demais apoios para uma melhor gestão”, analisa. 

Seja para análise de dados, CRM, e-mail marketing, gestão de projetos, anúncios ou SEO, opções de soluções para os mais diferentes objetivos que as marcas pretendem atingir por meio do digital é o que não faltam, sendo muitas delas gratuitas. Porém, além de ver a necessidade de profissionais das empresas terem mais familiaridade com o uso dessas soluções, a consultora de marketing observa outra dificuldade recorrente no meio, que é a resistência de pagar pelas ferramentas de marketing digital. 

“Temos ferramentas gratuitas que entregam coisas maravilhosas, mas ainda vejo marcas relutando em pagar por soluções mais completas onde conseguirá fazer, por exemplo, não somente o monitoramento de palavras, mas detectar quem são os influenciadores, os formadores de opinião que puxam debates importante para elas”, pontua. 

Outro alerta da especialista é sobre a importância de estar ciente de que, embora essas soluções estejam cada vez mais completas e avançadas, apenas obtê-las não é o suficiente para obter resultados satisfatórios. “Se adquirir, por exemplo, uma ferramenta de automação de marketing para conseguir conversar com os clientes até a conversão, será preciso criar conteúdos. Para isso, é preciso entender muito bem com quem você quer falar, qual a sua jornada e objeções. As ferramentas ajudam a disseminar, mas não fazem tudo sozinhas. É preciso estarem acompanhadas de um pensamento criativo”, defende. 

Tecnologia x humanização 

Com este tanto de tecnologia, dados, bots e ferramentas de automação sendo incorporados no marketing das empresas, a comunicação com os clientes estaria cada vez menos humanizada? Para Liliane, a resposta é não. Na visão da especialista, o que ocorre é justamente o contrário. As tecnologias - quando bem utilizadas -  são capazes de contribuir para humanizar os processos de conexão com os usuários.  

“Sou uma pessoa entusiasta dessa humanização. O senso comum, normalmente, pensa que a humanização é ter uma pessoa atendendo você quando, na verdade, uma empresa centrada em pessoas é aquela capaz de entregar uma experiência positiva para o maior número de clientes possível. E isso só a tecnologia é capaz de fazer”, declara. 

Ela cita duas experiências pessoais que exemplificam o seu ponto. Em uma delas, resolveu o problema de um cartão que havia sido furtado com apenas três palavras em uma conversa de chatbot. Em outra ocasião, ficou cerca de 15 minutos esperando um atendente responder a sua ligação para resolver questões envolvendo uma passagem aérea. “Quando abordamos as ferramentas, as pessoas que falam sobre marketing humanizado costumam relutar, mas acredito que é a automação que vai ajudar a escalar uma boa experiência do consumidor”, conclui. 

Atenção aos dados

Liliane destaca também o fato das ferramentas de marketing elucidar se as percepções que as marcas costumam ter sobre o seu negócio estão corretas. Como exemplo, cita uma marca de moda que, ao acessar uma ferramenta de analytics, pôde observar uma grande procura de homens, embora a fabricação de vestuário para esse público representasse somente cerca de 20% do total.

“Acho legal observar esse caso porque mostra como os dados são reveladores. Sobre essa marca, estamos ainda pensando o que leva o masculino ser tão forte quando o carro-chefe dela é o feminino. Olhando os números não conseguimos ter uma resposta imediata, mas é possível abrir caminhos para novas ideias, como a de aumentar a fabricação para os homens ou melhorar a comunicação com esse público”, exemplifica.

Saiba mais como a plataforma Zeeng pode ajudar com insights para a sua marca ou empresa.

Bruna Aosani

Head de Marketing na Zeeng e responsável pela gestão da comunicação da Regeneraí, projeto de sustentabilidade da ONG Misturaí nas comunidades de Porto Alegre.

Gostou desse conteúdo?

[activecampaign form=2 css=0]

Posts Relacionados

Inteligência competitiva: erros comuns para não cometer em 2022

A inteligência competitiva não é mais um diferencial estratégico. Em um ambiente digital tão dinâmico, cada centésimo de segundo da sua atenção vale muito. Assim, a abordagem se torna essencial para qualquer plano de marketing. Essa estratégia vai muito além de checar o que o seu concorrente anda postando. Ou seja, é sobre combinar conhecimento […]

Meta: o impacto do rebranding do Facebook

Quando falamos em meta, logo pensamos no sentido de objetivo final. Entretanto, a definição que queremos abordar, não vêm do latim metae, mas sim do grego metá. Neste sentido, meta é aquilo que vai além. Inclusive, no final de outubro o antigo Facebook Inc. resolveu ir muito além. Em meio a uma crise de reputação […]

Creator Week: os melhores momentos do primeiro evento de criação do Instagram

A Creator Week é um evento do Instagram voltado para criadores de conteúdo na plataforma. Nos dias 19 e 20 de outubro aconteceu a primeira edição que conta com mais de quarenta creators, especialistas em redes sociais, colaboradores do Instagram, atrações musicais, entre outros.  A programação do evento além de ser focada em criadores de […]

Segue o fio - Segunda Temporada

Segue o Fio é um programa em vídeos que tem como objetivo desmistificar o marketing digital sem fórmulas mágicas. São abordadas pautas relevantes desse universo através de muito debate, questionamentos, problematizações e dúvidas também, por quê não?! O programa foi pensado para você que também está cansado de ouvir gurus prometendo resultados milagrosos através de […]

Bite-size content: um conteúdo com gosto de quero mais

Você já deve estar cansado de saber que a nossa atenção digital está cada vez mais limitada. É um número infinito de conteúdos que podem passar despercebidos pelos 8 segundos de foco do usuário. O bite-size content entra nessa busca por equilíbrio entre conteúdo e atenção. A princípio pode não parecer tão importante, mas é […]

Top 5 Publiposts no Instagram durante o mês de Setembro

Estamos de volta com nosso ranking mensal de postagens pagas no Instagram. Mas, antes de mais nada, não deixe de conferir o Top 5 Publiposts da Semana nas nossas redes sociais. Se você tem interesse pelo universo de influenciadores e tendências digitais, vai adorar o nosso guia “Como identificar tendências no meio digital através da […]

Top 10 vídeos mais visualizados no Youtube em Setembro

Analisando os vídeos mais visualizados no Youtube nos meses de julho e agosto percebemos que marcas do setor financeiro têm se destacado, e dessa vez não foi diferente. Bradesco, Visa e Ágora Investimentos ficaram entre os top 10 vídeos mais assistidos na rede. Para descobrir os vídeos mais visualizados utilizamos a Plataforma Zeeng que possui […]

Tendências para dominar as redes sociais em 2022

Antes de mais nada, se você quer usar as tendências para dominar as redes sociais, não dedique os seus esforços para seguir todas de uma vez. Elas devem ser usadas como COMPLEMENTO para a sua estratégia. Assim como colaboram para uma comunicação moderna e atual, usadas em excesso podem deixar sua imagem efêmera. As tendências […]

7 passos para sua rotina de inteligência e análise competitiva

Que tal umas dicas de como organizar a sua rotina de trabalho? Você sabia que a repetição diária de comportamentos ajuda no funcionamento do nosso organismo, ajudando na prevenção de estresse e ansiedade? 😯 Para se antecipar às tendências e necessidades do seu mercado você precisa ter um olhar atendo aos movimentos dos seus competidores […]

Triple Match: Posicionamento real de marca

Nestes quase 15 anos a frente de centenas de projetos de marketing e comunicação Brasil a fora me sinto privilegiado por interagir, trocar e aprender com tantos profissionais incríveis dos mais variados mercados. Profissionais estes que sempre demonstraram imensa curiosidade, desejo e dificuldade, em encontrar uma metodologia para compreensão do posicionamento das marcas no mercado […]
PARTICIPE
cross